Quanto Custa para Instalar um Sistema de Energia Solar em 2021

Responder à pergunta de quanto custa para instalar um sistema de energia solar não é nada fácil, visto que existem muitas variáveis envolvidas, que influenciam diretamente no preço final do serviço e dos equipamentos. O fato é que a energia solar pode proporcionar economias superiores a 90% da sua fatura de energia elétrica. Dessa forma, a Solar Inove preparou esse conteúdo para você avaliar a viabilidade de instalar um sistema fotovoltaico no ano de 2021.

Do mesmo modo, serão destacados os valores médios praticados em todo o Brasil, bem como as variáveis que consolidam o custo final para os consumidores integrados à rede de distribuição brasileira.

Descobrindo a Potência do Sistema de Energia Solar Ideal

Atualmente, é possível encontrar, em fontes confiáveis, um valor em reais por kWp [R$/kWp] médio praticado no nosso país, como é o caso dos relatórios da Greener. Sabendo disso, deve-se inicialmente conhecer a potência associada ao sistema de energia solar necessário para suprir o seu consumo de energia elétrica. 

Exemplo: Um consumidor residencial aqui do sul de Santa Catarina, que gasta cerca de R$ 300,00 na sua fatura de energia, consome cerca de 460 kWh/mês, considerando uma tarifa de 0,65 R$/kWh (460 x 0,65 = R$ 299,00). Supondo que a média de consumo durante o ano seja essa (460 kWh/mês), o valor em kWp do sistema pode ser obtido, de forma aproximada, dividindo o consumo médio por 100 (460/100 = 4,6 kWp). Ressalta-se que esse é um cálculo aproximado, inclusive temos um post e um vídeo onde dimensionamos de modo mais preciso um sistema fotovoltaico.

Custos de um Sistema de Energia Solar em 2021

Segundo a Greener, até o final do primeiro semestre de 2021, os valores para ter um sistema de energia solar próprio variavam de 6.170 R$/kWp para sistemas na faixa de 2 kWp até 3.590 R$ kWp para grandes usinas, de aproximadamente 5000 kWp. Conforme a figura abaixo, pode-se perceber que um sistema como o exemplo anterior, custaria cerca de R$ 22.448,00, ou seja, 4,88 R$/Wp x 4600 Wp ou 4.880 R$/kWp x 4,6 kWp (destaque em vermelho).

Para facilitar ainda mais, através de uma média do valor do kWp obtido da figura 1, é possível estabelecer uma fórmula para estimar o valor aproximado do seu sistema fotovoltaico:

Custo do Sistema Fotovoltaico [R$] = Potência do Sistema [kWp] x 4075

Valores de um sistema de energia solar
Figura 1 – Valores em R$/Wp de um sistema de energia solar para o cliente final. Greener, 2021.

Variáveis que Afetam o Custo de um Sistema de Energia Solar

Como já mencionado, existem alguns fatores que influenciam diretamente no custo de um sistema fotovoltaico. Nessa etapa, elencaremos as principais variáveis para você analisar a viabilidade do seu projeto.

Orientação do Telhado

Se você já nos acompanha por aqui, já deve saber que a orientação ideal para instalar um sistema fotovoltaico no hemisfério sul da Terra é para o Norte. Entretanto, se o seu telhado está orientado para o sul, existem alternativas para minimizar as perdas devido a essa situação. Este é o caso da utilização de um suporte especial, capaz de diminuir a inclinação do arranjo fotovoltaico instalado para o sul, e dessa forma aumentar a exposição da sua usina à radiação solar. Contudo, isso significa um custo adicional ao seu sistema, visto que há uma situação adversa em relação à instalação ideal.

Distância entre instalação e conexão

Outro fator que pesa no custo do seu sistema de energia solar são as distâncias entre módulos e inversor, bem como a distância da conexão entre inversor fotovoltaico e quadro de distribuição de cargas da sua unidade consumidora. Obviamente, quando maior a distância, mais quantidade de material é empregada para finalizar a obra.

Entretanto, vale ressaltar que, principalmente quando se trata da conexão módulos — inversor, o custo associado aos cabos é representativo, visto que os cabos utilizados são especiais e diferentes dos condutores utilizados dentro da sua residência por exemplo.

Tipo de Estrutura de Fixação

Por fim, outra variável para prestar atenção é o tipo da estrutura de fixação que será utilizada como suporte dos módulos fotovoltaicos, sejam eles presos a um telhado ou diretamente ao solo. Usualmente, telhados coloniais ou cerâmicos apresentam custos de instalação relativamente superiores a telhados metálicos, mais industriais, variando de fabricante para fabricante. Usinas de solo são normalmente mais dispendiosas monetariamente falando também, visto que além da estrutura metálica de fixação, este projeto envolverá custos civis como as fundações em concreto para os suportes.

Por fim, é importante deixar claro que os valores praticados e utilizados em exemplo são números médios praticados pelo Brasil e certamente mudarão de região para região, para mais caro ou mais barato. Consulte nossos integradores parceiros e realize um orçamento. Fique por dentro do Blog Solar Inove, e não deixe de nos seguir nas redes sociais para não perder nenhum conteúdo.

Autor

Filipe Antunes

Filipe Antunes

Engenheiro de Energia e Técnico de P&D da Solar Inove.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
0
Deixe seu feedback referente ao post!x
()
x